• Estrada Fora

Dar-lhes a coragem do horizonte

Não é fácil soltar amarras e dar-lhes rédea solta... Algo solta. Não é fácil abrir a mão e incentivar passos de arrojo, dar-lhes a ideia que podem tudo, mas tê-los, ao mesmo tempo, sempre por perto. Cientes que a liberdade que têm (ou ideia dela) é apenas aquela que nós permitimos.



É importante dar-lhes essa coragem de virarem, de quando em vez, as costas ao que é seguro e olharem afoitos o horizonte que se lhes espraia pela frente, infindável. Só assim eles crescem fortes, convictos do que querem, cientes que pela frente há muitos tropeções, mas certos que têm sempre um porto de abrigo ao qual voltar.


É tão bom ver uma criança assim, "aí prá's curvas", aventureira de olhos no que está à frente, ao longe!

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo