• Fora de Estrada

Há Bar(es) & Bar(bearias)… mas só há um Purista!

Apetece-me um copo… bares não faltam!


Já ia à “tosquia”… barbearias não faltam!



É verdade… o que mais há são opções para passar um bom bocado com os amigos a “beber copos”. Há bares para todos os géneros, tipos, feitios, gostos, desejos. Mais promoção menos promoção. Mais happy hour, menos happy hour. Mais DJ, menos DJ. Mais simpatia ou menos simpatia. Lá está, opções não faltam…


E barbearias… bom, quem vê uma, vê todas…


Ali na Rua Nova da Trindade, paredes meias com o Teatro que dá nome à rua está o Purista Barbiére. Obviamente muitos vão dizer “ah e tal é só mais um!”… liberdade de expressão, respeito e aceito, e não há um “mas” para contradizer. Para mim (gozando da mesma liberdade de expressão), o Purista é o Bar & Barbearia mais #aiprascurvas cá do burgo.


A alma deste espaço multifacetado (bar, barbearia, eventos privados), é o que o distingue dos demais. Sim, há um rolinho colorido à porta - sendo este talvez o único ponto comum com os restantes - mas a pureza do que dentro de portas se encontra é única.




E isso não se copia nem se faz, ou se têm ou não se têm!


Muitos são os que estancam na porta e ficam a olhar sem saber se entram para um copo ou para fazer a barba. É que na porta os anfitriões são as cadeiras de barbeiro antigas (que por vezes cedem o seu lugar a um par de belas motos onde se pode “fazer a tosquia” sentados), e um imenso balcão alto de onde somos saudados com um sorriso gigante do simpático Nuno Lima Mendes (já volto a ele).




Na parede oposta junto às mesas altas as garrafas milimetricamente empilhadas criam jogos de luz que envolvem quem junto delas se senta para uma Lagunitas e um cigarro (sim, tem zona de fumadores).



Dois passos adiante uma parede com um graffiti singular e peça única no país convida ao lazer no sofá que o resguarda. Damas, xadrez e mobílias do tempo das avós enchem uma antecâmara que já me fez passar tardes inteiras à conversa ou a trabalhar.


Há espaço ainda para uma enorme mesa de bilhar, que por vezes se transforma em mesa de banquetes para eventos privados, mas onde habitualmente encontramos duelos de taco dignos de transmissão no Eurosport.


Tal como disse, Bares e Barbearias… não faltam, mas Purista só há um!


Entrar tranquilamente, fazer a barba à moda antiga ao som de um bom jazz enquanto a Lagunitas fervilha no balcão. Um luxo!!! Não, espera, não é luxo, é Purista! Uma boa conversa entre amigos com conforto e uma vibe #aiprascurvas. Um luxo!!! Não, espera, não é luxo, é Purista!



Ser saudado com um sorriso e um abraço, porque aqui se está entre amigos! Um luxo!!! Não, espera, não é luxo, é Purista!... E não é um abraço qualquer! É um abraço sentido, umas vezes com saudades, outras com o querer saber se tudo vais bem… estes são os abraços do bom “gigante” Nuno Mendes. Rapazola de boa estirpe que do alto dos seus quase 1,95m nunca deixa que nos vamos embora tristes, preocupados ou sem uma boa cerveja.



O Nuno abriu este espaço como pop-up para promoção de uma marca, mas rapidamente percebeu que seria o mais puro dos espaços. E ainda bem que o fez… é que quando me apetece estar ainda mais #aiprascurvas não há outro spot que me “encha mais as medidas”.



Passe a #covid19 e já sei exactamente onde vou beber copos e fazer a barba.


Mais sobre o Purista:

Instagram: Purista

Facebook: Purista




169 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo