• Fora de Estrada

Lego… Aventuras e Imaginação de cana-de-açucar!?

Pequenos blocos! Centenas de formas! Milhares de cenários!

Milhões de aventuras no tapete da sala!


Quem nunca?



Quem nunca deixou de lado as instruções e transformou o Lego Quartel dos Bombeiros num Eagle do Espaço 1999? Quem nunca pegou nos blocos que eram algo que no fim não era? Quem nunca passou horas a inventar aventuras, criando histórias, encenando viagens espaciais até à lua ou viajou pelas estradinhas com o carro da polícia a perseguir o General Lee dos Três Duques ou um qualquer vilão malandro que roubou a antena do aeroporto só para o avião com passageiros não poder aterrar? Quem? Quem nunca?


Quem nunca no fim de tanta aventura desmontou peça por peça a sua aventura para guardar na caixa e recomeçar no dia seguinte…. Se nunca, então faltaram umas curvas no tapete da sala.


Pois bem, dentro do cenário de alterações climáticas e com a crescente luta ao plástico a Lego eliminar completamente este componente dos seus produtos. A opção parece ser uma mistura de madeira e cana-de-açucar e segundo a marca dinamarquesa a substituição será gradual, até 2030.



Actualmente, apenas 2 por cento do catálogo de produtos da Lego é produzido com recurso a materiais sustentáveis. A Lego produz 3700 tipos diferentes de blocos, vende 75 milhões/ano e alegra os tapetes dos mais pequenos, e dos que se recusaram a crescer, em mais de 140 países.


Do bloco de plástico ao bloco sustentável, seja quadrado, rectangular, triangular ou de forma sem nome o certo é que a Lego está na luta pela sustentabilidade ambiental que é como quem diz… “aí prá’s curvas!”

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo