• Estrada Fora

Tanäk e Sordo já saltaram em Fafe, mas público não esteve à altura

Quem estava ansioso por ver as estrelas do Campeonato do Mundo de Ralis Aí Prá’s Curvas nos troços nacionais teve a oportunidade de matar essa fome no fim-de-semana na primeira ronda do Campeonato de Portugal de Ralis, em Fafe.



É que o Campeão do Mundo Ott Tanäk e o colega de equipa na Hyundai Motorsport Dani Sordo aproveitaram o Rali Serras de Fafe para prepararem a participação no Rally do México que tem lugar dentro de duas semanas e, pelo caminho, lá fizeram também o gostinho ao pé nos troços nacionais, em particular em Fafe, onde começaram já a treinar o espectáculo que vão dar no Confurco e, uns metros mais à frente, no inigualável Salto da Pedra Sentada.

Pena é que a saudade e vontade de ver as estrelas em acção é tanta que o espectadores se colocam praticamente em cima do troço... Como que para ver primeiro que os outros.

Pena porque basta um azar para estragar a festa. E nesta matéria a única forma de estar Aí Prá’s Curvas é estar mesmo Fora de Estrada, bem fora, enquanto os pilotos andam a fundo Estrada Fora.



É que os bólides podem ter carroçaria de fibra, mas por baixo dessa ”pele” maleável e leve está um esqueleto tubular, metálico, que não é nada meiguinho com o que lhe aparece pela frente.


É pena ver que, de facto, se nos dão alguma rédia solta voltamos logo aos velhos hábitos que nos fizeram perder o Mundial há uns anos e nos deram muito má imagem. Mas é bom ver que há outros, como nós, que não se cansam de chamar à atenção dos aventureiros irresponsáveis.


Já no que toca à parte competitiva, Armindo Araújo entrou na época a ganhar com o Skoda Fabia R5 ao bater Bruno Magalhães (Hyundai i20 R5) por 1:26,0s, enquanto o Campeão em título Ricardo Teodósio (Skoda Fabia R5) fechou o pódio a mais 4,5 segundos de distância.

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo